Show Mobile Navigation

20 maio, 2012

, , , , , , , ,

Marcha da maconha coisa de burros

Marcos Freitas - 07:10
É impressionante o número de idiotas que acham realmente que a maconha não causa danos, ou que não causa dependencia. Canso de ouvir destes imbecis o pregão: "- Uso maconha há mais de dez anos e não sou dependente." Se isso não for dependência é o que?
O que mais me expanta é que apesar de termos a internet para pesquisar, vários usuários ainda caem no conto de que esta droga é boa e faz menos mal que outras drogas. Vamos combinar, droga é droga e ponto final. Faz mal a saúde, a família e a sociedade. O ministério da saúde que o diga. Todos os anos são gastos milhões de reais em tratamento com as doenças causadas pelas drogas, incluindo entre elas a maconha.
Aí vem esse bando de lesado que "fumam há mais de dez anos e não são viciados" fazerem essa marcha pela liberação de uma droga que quase me matou. E para os intelectualóides que acham que são especialistas no assunto só porque fumas "há anos e não são dependentes", deixo o artigo abaixo veiculado pela France Press.

 "A fumaça de cânhamo índico ou maconha contém sete vezes mais alcatrão e monóxido de carbono que a do cigarro comum, segundo as análises de uma revista francesa de consumidores que calcula que "três cigarros de haxixe ou cannabis equivalem a um pacote de tabaco".
A revista mensal francesa 60 milhões de consumidores, do Instituto Nacional do Consumo (INC), informa na edição desta segunda-feira os resultados de testes realizados com uma máquina de fumar para comparar as proporções de nicotina, alcatrão, monóxido de carbono, benzeno e tolueno nas fumaças dos cigarros de cannabis e de tabaco.
O INC acrescenta que colaborou com a missão interministerial de luta contra as drogas, que forneceu a matéria-prima, e que obteve todas as autorizações para transportar e estar em posse das substâncias necessárias.
O teste foi feito a partir de erva e resina de cannabis. Para o mesmo, foram confeccionados 280 cigarros.
A mistura de resina de cannabis e tabaco provoca a inalação de duas vezes mais benzeno e três vezes mais de tolueno, e inclusive com um cigarro de erva pura as quantidades de alcatrão e de monóxido de carbono ultrapassam as de um cigarro de tabaco, segundo as medidas.
A máquina de fumar utilizada para os testes é a mesma que serve para o tabaco com o objetivo de estabelecer as proporções de nicotina e alcatrão inscritas nos pacotes. "Fumar três cigarros de maconha ou haxixe diariamente - o que é cada vez mais freqüente - provoca os mesmos riscos de câncer ou doenças cardiovasculares do que fumar um pacote de cigarros de tabaco", destaca a revista. A maconha é droga ilícita mais consumida na França."

0 comentários:

Postar um comentário