Show Mobile Navigation

23 maio, 2012

, , , , , , , , ,

Mefedrona: uma droga legal e potencialmente letal

Marcos Freitas - 03:35
O uso da mefedrona, uma droga sintética muitas vezes utilizada como uma alternativa legal para as anfetaminas ou a cocaína, está se espalhando em diferentes partes do mundo, principalmente na Europa, na América do Norte e na Austrália. A mefedrona, também conhecida como "drona", "miau-miau" ou "m-gato", não está sob controle internacional, e a dimensão e seus padrões de uso ainda não são claros e, provavelmente, estejam sendo subestimados.
"Até agora, pouco se sabe sobre essa droga que está sendo vendida no mercado ilícito", disse Beate Hammond, gerente do Programa sobre Drogas Sintéticas do UNODC. "Mesmo em pequenas quantidades, essa droga pode representar um perigo para a saúde, inclusive, já houve relatos de mortes relacionadas à mefedrona".
Normalmente vendida como um pó branco, os efeitos da mefedrona incluem o aumento da euforia, do estado de alerta e da inquietação. A mefedrona é frequentemente vendida pela internet, supostamente para outros fins. A mefedrona vem sendo apontada como um dos compostos sintéticos, como a "naphyrone", uma droga que vem sendo vendida ilegalmente na Europa, como sendo fabricada para produzir efeitos semelhantes aos de substâncias controladas internacionalmente, como a cocaína. No entanto, devido às diferenças químicas, frequentemente não há restrições legais nos países em relação à sua fabricação e distribuição.
Como mefedrona é relativamente nova no mercado, há pouca pesquisa sobre seus efeitos, sua farmacologia e sua toxicidade. Na Europa, a substância está sendo investigada pelo Observatório Europeu sobre Drogas e Dependência e pelo Serviço Europeu de Polícia (Europol), que deverão produzir um relatório conjunto sobre o tema até o mês de julho.
Para aprofundar o olhar sobre a questão das drogas sintéticas, o UNODC mantém o Programa de Monitoramento, Análise, Relatórios e Tendências sobre Drogas Sintéticas ( SMART, na sigla em inglês). A equipe do SMART trabalha com os governos para desenvolver, avaliar e reportar dados e informações sobre drogas sintéticas, auxiliando os países no planejamento da prevenção e na elaboração de legislações que respondam ao tema.
Para mais informações sobre a mefedrona, acesse a edição mais recente do SMART Global Update (em inglês).

0 comentários:

Postar um comentário